Inspetoria Laura Vicuña no coração da Amazônia

A história das Filhas de Maria Auxiliadora na Amazônia iniciou a partir do ano de 1923, data de abertura da primeira casa em São Gabriel da Cachoeira – Amazonas. A semente caiu em boa terra! Brotaram frutos fantásticos: multiplicaram-se escolas, centros juvenis e obras sociais nos Estados do Amazonas, Pará e Rondônia.

No ano de 1961, precisamente, no dia 20 de fevereiro de 1961, a INSPETORIA LAURA VICUÑA foi oficialmente ereta, sendo constituído um governo local formado pela Inspetora Irmã Madalena Mazzone e um grupo de Irmãs Conselheiras que tinham a finalidade de animar e coordenar a missão das FMA na região.

Com a expansão da BMA, as dificuldades das distâncias e a diversidade cultural dos estados faz emergir um novo desafio: a criação da Visitadoria Santa Teresinha, 1999, constituída pelas Irmãs que optaram por viver a missão salesiana ao lado dos povos indígenas, localizados na região do Rio Negro/AM, hoje, Inspetoria Santa Teresinha.

Ultrapassando 50 anos de fundação, somos convidadas a “passar para a outra margem”, com ousadia, respondendo aos apelos e urgências do mundo contemporâneo. Chegaremos em 2017 ao estado de Roraima – Boa Vista – onde iniciaremos uma nova experiência: a de comunidade inserida em Rorainópolis.

Animadas pelo mesmo Espírito que moveu o coração de Dom Bosco e Madre Mazzarello, as Irmãs Salesianas da Inspetoria Laura Vicuña continuam a escrever sua própria história, doando suas vidas em favor das juventudes presentes no Norte do Brasil, em companhia de Jesus, percorrendo juntos a aventura do Espírito, sob os cuidados maternos de Maria Auxiliadora, nossa mãe e mestra.